Proposta de Redação do Enem aborda Trabalho no Brasil

Proposta de Redação do Enem aborda Trabalho no Brasil
5 (100%) 2 votes

O Brasil está enfrentando uma de suas maiores crises, e professores de diversos cursinhos acreditam que temas relacionados podem ser abordados como tema da redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Sendo assim, sugerimos que os estudantes redijam um tempo abordando o tema: “Trabalho no Brasil, Oportunidades, Desafios e Obstáculos”. Atualmente o país passa por uma crise sem precedentes em relação à oportunidade de trabalho e conta com milhões de desempregados. Além das chances de desigualdade para mulheres, negros e jovens terem menos condições para o ingresso no mercado de trabalho.

Proposta de Redação: Trabalho no Brasil

Importante lembrar que a redação do Enem é um texto argumentativo-dissertativo; e exigirá que o candidato apresente bons argumentos para o problema levantado pela comissão organizadora.

A proposta de Redação foi elaborada pela Faculdade de Direito de Sorocaba, para seleção de seus cursos e será interessante para o candidato ao Enem treinar seus argumentos e se preparar para a prova nacional.

Texto 1

Recuperado do furacão que varreu a economia mundial depois do estouro da bolha imobiliária norte-americana, o Brasil corre atrás do prejuízo, estimulado por índices cada vez mais promissores de retomada do crescimento, por investimentos em infraestrutura, pelas promessas do pré-sal, pelo desafio de sediar a Copa do Mundo em 2014 e os Jogos Olímpicos em 2016. Indústrias, laboratórios, a cadeia do petróleo e do gás, redes hoteleiras, escolas, empresas de todo o país sabem que, para garantir um salto de desenvolvimento, a matéria-prima mais preciosa é a mão de obra. Mas não qualquer mão de obra. Neste novo cenário, só tem vaga garantida o profissional devidamente qualificado.

(http://www.ipea.gov.br. Adaptado)

Texto 2

Inflado pela crise, um número crescente de europeus busca oportunidades de trabalho no Brasil. O que também atrai um contingente grande de estrangeiros pedindo visto de trabalho no país são os eventos da Copa e das Olimpíadas. Além da crise na Europa, o Brasil se tornou um dos destinos preferidos por causa da estabilidade da economia, dos investimentos que o país vem recebendo, como no pré-sal, e também porque será sede da Copa do Mundo e das Olimpíadas. Quem concede o visto confirma essa tendência. “Essa vinda de estrangeiros é um reflexo da nossa globalização, da nossa inserção internacional. É praticamente inevitável”, afirma Paulo Abrão Pires Junior, secretário nacional de Justiça. Franceses ainda são os que mais se candidatam a vir para cá, mas a crise europeia está diversificando a oferta. Agora, espanhóis, italianos, ingleses e até alemães querem trabalhar no país. “As indústrias estão demandando uma mão de obra qualificada imensa, que sobra em grande quantidade na Europa e, aqui no Brasil, está cada vez mais escassa”, afirma Andreza Santana, gerente de marketing da Monster.

(http://g1.globo.com. Adaptado)

Texto 3

Apesar da melhora nos últimos anos, relatório divulgado pela Organização Internacional do Trabalho (OIT) sobre o trabalho no Brasil aponta que problemas históricos do país ainda persistem, como o fato de as mulheres, os negros e os jovens terem menos oportunidades e salários mais baixos do que os homens brancos com mais idade, além de ainda haver trabalho escravo e desigualdades regionais no Brasil.

(http://g1.globo.com. Adaptado)

Após a leitura dos textos e baseado em seus conhecimentos; redija um texto argumentativo-dissertativo; na norma-padrão da língua portuguesa; levando em consideração os aspectos positivos e negativos a respeito do tema:

O Trabalho no Brasil: Oportunidades, Desafios, Obstáculos.

Dicas de Redação do Enem

A redação é uma importante etapa do Enem; e o treino será uma das melhores estratégias para elaborar um bom texto.

A leitura e o treino serão importantes aliados para melhorar sua escrita e sua argumentação para essa importante etapa do Enem.

Sobre o Autor: Rosangela Quinelato Possui graduação em Letras – Português/Inglês pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ubá (1995), Pós-graduação em Literatura Brasileira pela FAFI-Ubá e Pós-graduação em Tecnologias da Aprendizagem pelo Senac. Desempenhou por 9 anos a função de Diretora Pedagógica da Universidade Presidente Antônio Carlos – campus II Ubá e da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Ubá. Desde 2015 atua como redatora para sites na área de Educação.

0 comments… add one

Leave a Comment