Sisu apresenta diversas modalidades de vagas. Veja a diferença

Sisu apresenta diversas modalidades de vagas. Veja a diferença
5 (100%) 1 vote

O Sistema de Seleção Unificada (SiSU) é o sistema do governo que seleciona candidatos a partir das notas do Enem para ingresso no ensino superior de instituições públicas. O processo é gerenciado pelo MEC e acontece duas vezes por ano; uma em janeiro e outra em junho. Acesse as notas de corte para verificar suas chances. São diversas as modalidades de cotas apresentadas pelas Universidades.

Modalidades de cotas

De acordo com o MEC, todas as universidades federais, institutos federais de educação, ciência e tecnologia e centros federais de educação tecnológica participantes do Sisu terão vagas reservadas para estudantes que cursaram o ensino médio em escolas públicas; de acordo com a Lei nº 12.711/2012 (Lei de Cotas);, alterada pela Lei nº 13.409/2016. Há instituições participantes do Sisu que disponibilizam, ainda, uma parte de suas vagas para políticas afirmativas próprias.

Modalidades de Vagas: Sisu 2018

Conforme informações do MEC, todas as universidades federais, institutos federais de educação, ciência e tecnologia e centros federais de educação tecnológica participantes do Sisu; terão vagas reservadas para estudantes que cursaram o ensino médio em escolas públicas; de acordo com a Lei nº 12.711/2012 (Lei de Cotas), alterada pela Lei nº 13.409/2016.

Ainda conforme o MEC, há instituições participantes do Sisu que disponibilizam, ainda, uma parte de suas vagas para políticas afirmativas próprias.

De acordo com o MEC, dessa forma, em determinados cursos, poderá haver três modalidades de concorrência que são:

-Vagas de ampla concorrência;

-Vagas reservadas de acordo com a Lei nº 12.711/2012 (Lei de Cotas);

-vagas destinadas às demais ações afirmativas da instituição. O candidato deve, no momento da inscrição, optar por uma dessas modalidades, de acordo com seu perfil.

Abaixo os códigos das Modalidades de Vagas

0: Ampla concorrência;
L1: Candidatos com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo; que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas;
L2: Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas; com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo; e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas;
L5: Candidatos que, independentemente da renda; tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas;
L6: Candidatos autodeclarados pretos, pardos ou indígenas que; independentemente da renda (art. 14, II, Portaria Normativa nº 18/2012); tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas;
L9: Candidatos com deficiência que tenham renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo; e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas;
L10: Candidatos com deficiência autodeclarados pretos, pardos ou indígenas; que tenham renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo; e que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas;
L13: Candidatos com deficiência que, independentemente da renda; tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas;
L14: Candidatos com deficiência autodeclarados pretos; pardos ou indígenas que; independentemente da renda (art. 14, II.

Sobre o Autor: Rosangela Quinelato Possui graduação em Letras – Português/Inglês pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ubá (1995), Pós-graduação em Literatura Brasileira pela FAFI-Ubá e Pós-graduação em Tecnologias da Aprendizagem pelo Senac. Desempenhou por 9 anos a função de Diretora Pedagógica da Universidade Presidente Antônio Carlos – campus II Ubá e da Faculdade Presidente Antônio Carlos de Ubá. Desde 2015 atua como redatora para sites na área de Educação.

0 comments… add one

Leave a Comment