Sisu

Sisu: Concorrência da edição de 2017

22 de março de 2017
Sisu: Concorrência da edição de 2017
5 (100%) 1 vote

Sisu: Concorrência da edição de 2017, cuja seleção contou com a participação de 4,9 milhões de inscrições em todo o Brasil, referente ao ingresso nas Instituições públicas brasileiras.

Sisu: Concorrência da edição de 2017

Regiões brasileiras mais concorridas Sisu 2017

De acordo com os dados do Ministério da Educação, dos 4,9 milhões de inscrições em todo o Brasil, aproximadamente 1,9 milhão foram feitos para as regiões relacionadas abaixo:

-Região Nordeste, que abriu 90.851 vagas (20,8 candidatos por vaga), a maior oferta no país, de um total de 237.840.

-Região Sudeste ficou em segundo lugar na preferência dos estudantes (1,42 milhão de inscrições e 67.627 vagas); seguido pelo Sul (573,1 mil inscrições e 35.830 vagas);

-Região Norte (508,6 mil inscrições e 16.178 vagas);

-Região Centro-Oeste (480,2 mil inscrições e 27.354 vagas). As inscrições incluem as opções por até dois cursos para cada candidato.

Estados mais concorridos Sisu 2017 primeira edição

Ainda de acordo com o MEC, o interesse por unidade da Federação coloca no topo da lista as universidades, faculdades, fundações, institutos federais de educação, ciência e tecnologia e centros educacionais tecnológicos de três estados da região Sudeste:

-Minas Gerais, com 611.863 inscrições para 30.363 vagas;

-Rio de Janeiro (382.891 para 16.506);

-São Paulo (326.153 para 14,3 mil);

Em seguida, aparecem Bahia (318.144 para 13.274) e Pernambuco (311.635 para 13.975).

Universidades mais concorridas Sisu 2017

Entre as 131 instituições que ofereceram cursos para o processo seletivo do Sisu, as mais procuradas foram:

-Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), com 171.825 inscrições para 6.279 vagas;

-Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), com 144.322 para 6.952;

-Universidade Federal do Ceará (UFC) com 140.849 para 6.288);

-Universidade Federal do Maranhão (UFMA), com 131.899 para 2.418;

-Universidade Federal de Goiás (UFG), com 130.077 para 6.365;

-Universidade Federal da Bahia (UFBA) com 118.998 para 4.442);

-Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), com 117.315 para 4.917;

-Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com 117.256 para 7.790),

-Universidade Federal Fluminense (UFF), com 112.841 para 5.032).

Universidades e Institutos mais concorridos Sisu 2017

A maior concorrência foi registrada no Instituto Federal do Pará (IFPA), com média de 88,1 candidatos por vaga. A instituição ofereceu 520 vagas e recebeu 45.812 inscrições.

O Instituto Federal de Sergipe (IFS) aparece na segunda colocação, com 62,8 candidatos por vaga. Foram 13.080 inscrições para 208 oportunidades.

Cursos mais procurados Sisu 2017

De acordo com o MEC, consideradas as duas opções de curso permitidas no Sisu 2017 primeira edição, os cursos mais concorridos foram:

1-Administração, com 269.182 inscrições registradas. A concorrência chegou a 29,7 candidatos para 9.045 vagas em todo o país;

2-Pedagogia, com 240.511 inscrições para 9.106 vagas;

3-Direito (238.081 para 6.743);

4-Medicina (220.207 para 4.624);

5-Educação Física (177.004 para 4.962).

Maiores notas de Corte Sisu 2017

Conforme divulgado pelo MEC, veja abaixo as maiores notas de corte Sisu 2017:

1-Direito (UFF) com  837,83 pontos;

2-Medicina aparece seis vezes entre as maiores notas de corte:

a-831,35 na Universidade de São Paulo (USP);

b-829,6 na Universidade de Brasília (UnB);

c-826,2 na Universidade Federal do Paraná (UFPR);

d-822,31 na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ);

e-818,53 na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC;

f- 817,16 na Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG).

Menores notas de corte Sisu 2017 primeira edição

No Instituto Federal Farroupilha foram registradas as quatro das menores notas de corte. No curso de matemática, o último candidato selecionado alcançou 414,16 pontos. Em ciências biológicas a nota de corte foi de 402,24; agroindústria 371,32; administração, 358,78, a menor do país.

Vagas Sisu 2017 primeira edição

De acordo com o MEC, em relação à primeira edição de 2016 do Sisu; o processo do primeiro semestre de 2017 foi superior, ao alcançar aproximadamente a oferta de 238 mil vagas. Ou seja, quase dez mil vagas a mais; segundo informação de Paulo Barone.

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply

Show Buttons
Hide Buttons